Presidente Jair Bolsonaro exonera ministro Ricardo Vélez e anuncia professor Abraham Weintraub como sucessor no MEC

O presidente Jair Bolsonaro exonerou hoje (8) o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, e anunciou o professor Abraham Weintraub (foto) para o cargo.

 

“Abraham possui mestrado em Administração na área de Finanças pela FGV e MBA Executivo Internacional pelo OneMBA, com título reconhecido pelas escolas: FGV/Brasil, RSM/Holanda, UNC/Estados Unidos, CUHK/China e EGADE-ITESM/México. Tem ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter.

 

Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Weintraub foi executivo do mercado financeiro, atuou no grupo Votorantim e foi membro do comitê de Trading da BM&FBovespa. Em 2016, coordenou a apresentação de uma proposta alternativa de reforma da previdência social formulada pelos professores da Unifesp. Weintraub atua como secretário executivo da Casa Civil, sob o comando de Onyx Lorenzoni. Ele assumirá o lugar do colombiano Ricardo Vélez.

 

“Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados”, acrescentou o presidente.

 

Vélez esteve hoje (8) de manhã no Palácio do Planalto, em reunião com o presidente Jair Bolsonaro, e deixou o local pela saída privativa, sem falar com a imprensa.

 

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Corrigindo: Abraham possui mestrado em Administração na área de Finanças pela FGV e MBA Executivo Internacional pelo OneMBA, com título reconhecido pelas escolas: FGV/Brasil, RSM/Holanda, UNC/Estados Unidos, CUHK/China e EGADE-ITESM/México. 👍

2,897 people are talking about this

Presos no Rio militares suspeitos de envolvimento em morte de músico

O Exército determinou hoje (8), no Rio de Janeiro, a prisão de dez dos 12 militares que estavam na guarnição envolvida em disparos contra um carro ontem na zona oeste do Rio, que terminou com um morto e dois feridos.

 

Segundo o Comando Militar do Leste (CML), eles foram presos em flagrante por descumprimento das regras de engajamento.

De acordo com o CML, foram constatadas inconsistências entre os fatos inicialmente reportados pelos militares envolvidos e as informações que chegaram posteriormente ao Exército.

As prisões foram determinadas depois de depoimentos dos militares envolvidos no episódio à Delegacia de Polícia Judiciária Militar e ao Ministério Público Militar.

Inicialmente, o CML informou que a guarnição circulava pelo bairro de Guadalupe quando se deparou com um assalto e foi atacada por criminosos. E que, por causa disso, atirou contra os assaltantes. Segundo essa primeira nota divulgada na tarde de ontem pelo Exército, o homem que morreu e o que ficou ferido eram assaltantes.

Uma terceira pessoa, um pedestre, foi atingido durante o tiroteio, segundo ainda a primeira nota do Exército.

A Polícia Civil, no entanto, depois de fazer uma perícia no local, informou que não havia assaltantes no carro e que as duas vítimas eram integrantes de uma família que estava no veículo. O homem que morreu foi identificado como Evaldo dos Santos Rosa (foto) e o ferido que estava no carro seria seu sogro. Evaldo tinha 51 anos e era músico.

Além deles, estavam no carro a mulher de Evaldo e uma criança, que não ficaram feridas.

De acordo com a última nota divulgada pelo CML, os militares presos estão à disposição da Justiça Militar, que realizará a audiência de custódia e decidirá se manterá ou não a prisão.

“O Exército Brasileiro reitera seu estrito compromisso com a transparência e com os parâmetros legais impostos pelo Estado de Direito ao uso legítimo da força por seus membros, repudiando veementemente excessos ou abusos que venham a ser cometidos quando do exercício das suas atividades”, finaliza a nota.

 

Fonte: Agência Brasil

Receita Federal abre consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda

A Receita Federal abriu hoje (8) consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de abril. Ao todo, serão desembolsados R$ 210 milhões para 91,3 mil contribuintes que estavam na malha fina das declarações de 2008 a 2018, mas regularizaram as pendências com o Fisco.

 

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

As restituições terão correção de 6,64%, para o lote de 2018, a 108,76% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração no próximo dia 15. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

 

Mais de 2,1 milhões de estudantes pediram isenção de taxa de inscrição no Enem 2019

Mais de 2,1 milhões de estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, de acordo como Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

 

O prazo para pedir a isenção da taxa começou no último dia 1º e segue até esta quarta-feira (10). Até as 10h de hoje, 2.123.576 participantes haviam solicitado o não pagamento.

 

Podem solicitar a isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

 

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo, R$ 499, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos, R$ 2.994.

 

Em nota, o Inep reforça que a isenção de taxa de inscrição não é automática para nenhum grupo de participantes e a solicitação não poderá ser feita durante as inscrições, por isso, pede que os estudantes estejam atentos ao prazo.

 

O pedido é feito pela Página do Participante, na internet

 

Justificativa

 

Até o dia 10 de abril, os estudantes que não pagaram o Enem 2018 e que por algum motivo faltaram o exame podem apresentar uma justificativa e pedir de novo a isenção.

 

Esses estudantes precisam enviar, também pela Página do Participante, documentos comprobatórios da justificativa da ausência. Os documentos aceitos variam de acordo com a causa: acidentes, mortes na família, internação, trabalho, casamento, emergência médica, intercâmbio acadêmico, entre outros.

 

A relação dos documentos consta do anexo II do Edital do Enem. Não serão aceitos documentos autodeclaratórios emitidos pelos pais ou responsáveis.

 

Próximos passos 

 

Os resultados do pedido de isenção e da justificativa de ausência no Enem 2018 serão divulgados no dia 17 de abril.

 

Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso, no período de 22 a 26 de abril, na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado, no mesmo endereço, a partir do dia 2 de maio.

 

Para participar do exame, os estudantes, com ou sem isenção da taxa, devem fazer a inscrição no Enem no período de 6 a 17 de maio.

 

Enem 2019

 

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5h30min.

 

No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

 

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado, conforme o edital, em data a ser divulgada posteriormente.

 

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superio pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Fonte: Agência Brasil

Papa reconhece milagres e padre brasileiro Donizetti Tavares será beatificado

O papa Francisco vai beatificar o padre brasileiro Donizetti Tavares de Lima, morto em 1961. O anúncio foi divulgado hoje (8), depois que o pontífice autorizou o decreto que reconhece milagres ao religioso. Nascido em 3 de janeiro de 1882, em Santa Rita de Cássia, em Minas Gerais, morreu aos 79 anos, em Tambaú, em São Paulo. Devoto de Nossa Senhora Aparecida, o padre atraiu milhares de devotos ao interior de São Paulo em busca de milagres.

 

A decisão foi anunciada depois do encontro do papa com o cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, responsável pelos decretos que se destinam a analisar os processos relativos a milagres.

 

Desde 1909, como pároco, padre Donizetti atuou em defesa dos mais pobres e dos trabalhadores explorados, além de organizar a assistência aos doentes, idosos, crianças e mães necessitadas. A tudo atribuía à Nossa Senhora Aparecida.

 

Milagres

 

A Igreja Católica Apostólica Romana analisou, particularmente, dois milagres atribuídos ao padre. Um se refere o menino Nelson Santana (1955-1964), diagnosticado com osteossarcoma e morreu aos 9 anos na véspera do Natal, e outro à Gaetana Tolomeo, chamada “Nuccia” (1936-1997), afetada por uma progressiva paralisia, transformou a dor em fé.

 

Também foram anunciados o reconhecimento de milatres de mais cinco religiosos. Carlo Cavina, sacerdote diocesano, fundador da Congregação das Filhas de São Francisco de Sales. Raffaele da Sant’Elia a Pianisi, sacerdote da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos.

 

Na relação estão ainda Damiano da Bozzano, sacerdote da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, Vittorino Nymphas Arnaud Pagés, religioso do Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs, e Consolata Betrone , religiosa da Ordem das Clarissas Capuchinhas.

 

Fonte: Agência Brasil

*Com informações da rádio Vaticano.

Saúde: três em cada cem mortes no país podem ter influência do sedentarismo

No Dia Mundial da Atividade Física, celebrado em 6 de abril, o Ministério da Saúde fez um alerta: três em cada 100 mortes registradas, em 2017, no país podem ter sido influenciadas pelo sedentarismo. Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, apontam que dos 1,3 milhão de óbitos registrados em 2017, 34.273 mil estão relacionados às doenças como o diabetes, o câncer de mama e o de cólon e cardiovasculares. Males que estão relacionados à falta da atividade física no dia-a-dia. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é considerado o quarto maior fator de risco de mortes no mundo.

 

Praticar esportes, sejam de baixo ou de alto impactos, é fundamental para o corpo e para a mente. Além de prevenir as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) ligadas ao excesso de peso, como a hipertensão e o diabetes; as cardiovasculares e a alguns tipos de cânceres, o exercício regular desencadeia uma série de efeitos benéficos ao corpo. Além disso, caminhada, lutas e outras modalidades esportivas melhoram o condicionamento físico, auxiliam o controle de peso, alivia o estresse, melhora a qualidade do sono, entre outros benefícios que podem ser observados.

Dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017) apontam que 37% dos brasileiros que moram nas capitais praticam atividade física pelo menos 150 minutos por semana, o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Os homens (43,4%) se exercitam mais do que as mulheres (31,5%). A faixa de 18 a 24 anos é a mais ativa, 49,1% da população tem o esporte inserido no cotidiano, seguidos pelos de 25 a 34 anos (44,2%).

O levantamento também aponta que 47% dos brasileiros que praticam atividade física possuem 12 anos ou mais de escolaridade, enquanto 23,3% têm de 0 a 8 anos de escola. As capitais brasileiras onde se pratica mais atividade física são: Distrito Federal (49,6%), Palmas (45,9%) e Macapá (45,5%) enquanto que São Paulo (29,9%), João Pessoa (34,45) e Recife (35,2%) têm os piores índices.

 

EVITANDO O SEDENTARISMO

 

Um dos incentivos do Governo Federal para a prática de atividade física, é o Programa Academia da Saúde. Por meio de recursos financeiros, os municípios recebem recursos para financiar a implantação de polos que contam com uma infraestrutura e equipamentos adequados; e profissionais qualificados para promover práticas corporais e atividade física, promoção da alimentação saudável e educação em saúde.

 

Além das práticas corporais (dança, jogos, aeróbica, dentre outros), que vão estimular o movimento, o gasto energético, o autoconhecimento, o equilíbrio e outros componentes da produção do cuidado devem ser incentivados e promovidos nos polos, como as práticas integrativas e com grupos multiprofissionais que vão auxiliar e monitorar os usuários.

 

Fonte: Ministério da Saúde

Nioaque completa 170 anos e município recebe investimentos do Governo do Estado em asfalto e obras na área habitacional

Com 14 mil habitantes, Nioaque (a 180 quilômetros de Campo Grande) – conhecida como Vale dos Dinossauros, por conta de pegadas pré-históricas – celebrou 170 anos nesta segunda-feira (8) com investimentos em diversas áreas, anúncio de R$ 700 milhões para hospital e inauguração de pavimentações e drenagem das ruas Coronel Camisão e Alexandre Daruj.

 

É um alívio para a família do auxiliar de serviços gerais Edivaldo Santos da Rocha, de 39 anos, que mora com a mulher e a filha na Rua Alexandre Daruj. Quando chovia, a casa dele era invadida pela água. “Era muito barro e a água entrava em toda a casa. Com o asfalto e a drenagem, nossa vida mudou”, disse.

 

População agradece as entregas para o município

 

Para Osvaldo Teixeira, 47, na Rua Coronel Camisão, o asfalto e a drenagem trouxeram melhoria na qualidade de vida e mais clientes. É que além de morar naquela rua, ele também tem uma oficina quase ao lado. “Com a chuva aqui ficava cheio de buracos e os clientes não vinham. E nos dias secos era só poeira. Melhorou 100%”, afirmou.

 

Osvaldo Teixeira: a cidade melhorou 100% com as ações do Governo do Estado

Além da entrega da pavimentação e drenagem, o governador Reinaldo Azambuja assinou contrato para a construção de 43 casas no Residencial Constantina Gaúna Xavier.

 

As residências serão edificadas por meio do Programa Lote Urbanizado – em que os futuros moradores recebem toda a infraestrutura, aprendem uma nova profissão e constroem as próprias casas, ficando livres de pagar prestações. O investimento nas habitações é de R$ 425 mil.

 

O Governo do Estado entrega a base da residência com fundação, instalações hidráulicas e sanitárias, no terreno doado pela prefeitura, que fornece a estrutura básica como água, energia e iluminação pública. O Lote Urbanizado é voltado às famílias com renda mensal de até R$ 4,6 mil.

 

Hospital

 

O governador Reinaldo Azambuja anunciou ainda o investimento de R$ 700 mil para a reforma do Hospital Haroldo Lima Couto. “Vamos repassar R$ 700 mil e a prefeitura fica responsável pela contrapartida de R$ 41 mil”.

 

O investimento é um pedido do prefeito de Nioaque, Valdir Couto Junior. “Tudo o que o senhor falou que ia fazer, o senhor cumpriu”, lembrou o administrador municipal.

 

Reinaldo Azambuja entregou ainda materiais esportivos para atender escolas estaduais de Bodoquena, Bonito, Guia Lopes da Laguna e Nioaque; a pintura da Escola Estadual Ignês Resstel Vilas Boas; construção da quadra poliesportiva na Escola Municipal Indígena Gabriel Laureano; 30 jogos de carteira escolares para atender a E.E. Indígena Agelina Vicente; um veículo para atender a Assistência Social no Município de Nioaque; e veículos para atender a Saúde nos Municípios de Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Bodoquena e Miranda.

 

Participaram do evento, os secretários estaduais Geraldo Resende (Saúde) e Sérgio de Paula (Articulação Política); a diretora-presidente da Agência Estadual de Habitação (Agehab), Maria do Carmo; os deputados federais Beto Pereira e Rose Modesto, os deputados estaduais Professor Rinaldo, Cabo Almi e Renato Câmara, além de prefeitos da região, secretários municipais e vereadores.

 

Funsat: vagas para auxiliar de pessoal, caixa, pizzaiolo, além de outras funções

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência de Emprego da Fundação Social do Trabalho (Funsat), oferece nesta segunda-feira (08) diversas vagas, entre elas para auxiliar de pessoal, operador de caixa, pizzaiolo, instalador de alarme e soldador.

 

Para auxiliar de pessoal, o  candidato deve  ter experiência  em rotinas do departamento pessoal como: admissão/demissão, parcelamento e  E-Social. A vaga exige ensino superior em Ciências Contábeis.  O salário e benefícios serão informados na entrevista.

 

Já para operador de caixa , o candidato precisa ter experiência na função e disponibilidade de horário. A vaga exige ensino médio completo.  O salário oferecido é de R$ 1.200,00 mais vale-transporte.

 

Para a vaga de pizzaiolo, o candidato tem que ter experiência na área e agilidade no manuseio de utensílios e práticas na manipulação de alimentos.  A vaga exige ensino médio incompleto. O salário é de R$ 1.200,00 mais comissão e vale-transporte.

 

A vaga para instalador de alarme, o candidato precisa ter experiência e curso na área (para realizar serviços de instalação de cerca elétrica, CFTV, câmeras e alarmes).  A vaga exige ensino médio incompleto.  O salário é de R$ 1.200,00 mais vale alimentação e horas extras.

 

Para a vaga de soldador, o candidato precisa ter experiência em solda, montagem e pintura de furgões, esquadrias e prática em Solda Mig.  A vaga exige ensino fundamental completo. O Salário é de R$ 1.200,00 mais vale-transporte.           

 

 

A Agência de Empregos da Funsat realiza os serviços de habilitação ao seguro-desemprego, Carteira de Trabalho, cursos de qualificação profissional e disponibiliza vagas exclusivas para pessoas com deficiência. Os interessados devem comparecer munidos dos documentos pessoais: RG, CPF, CTPS e comprovante de residência.  A Funsat atende de 2ª a 6ª feira, das 7h às 17h.

 

A sede da Funsat está localizada na Rua 14 de Julho, nº 992, Vila Glória (próxima da Igreja Ortodoxa).

PMA apreende redes armadas por pescadores que fugiram para o Paraguai

Pontos de decoada (dequada) no Pantanal na região fronteiriça e proximidade da Semana Santa motivaram a operação Fronteira, iniciada no dia 2, visando especialmente à prevenção e repressão à pesca predatória. A operação Fronteira foi determinada, depois que fotos de pescadores com peixes que estariam morrendo pelo fenômeno da decoada no rio Apa, estariam sendo capturados indiscriminadamente na fronteira com o Paraguai.

 

Um helicóptero disponibilizado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública-SEJUSP atua na região de fronteira, tendo em vista que pescadores, tanto daquele país, como brasileiros, valem-se do território vizinho, para praticarem pesca predatória e fugirem para o outro lado da fronteira, onde os Policiais Militares Ambientais não podem adentrar.

 

Em razão da proximidade da Semana Santa, em que há tradição religiosa de se consumir peixe e muitos pescadores praticam pesca nos finais de semana anteriores, para consumo na data, o Comando da PMA deflagrou a operação que seria para a região de fronteira em todo o Estado.

 

Fuga em território paraguaio

 

Equipes de Campo Grande (sede do Batalhão) reforçam a região fronteiriça. Uma das equipes perseguiu seis pescadores que praticavam pesca predatória, armando redes no rio APA, logo no início da operação. Os infratores já haviam armado diversas redes e lançavam boias (petrechos proibidos) com iscas no rio e, ao avistaram os Policiais, adentraram o território do Paraguai, não podendo mais serem perseguidos. Foram retiradas do rio, seis redes de pesca, medindo 600 metros e várias boias, que os fugitivos tinham acabado de armar. Depois não houve mais nenhum incidente, devido a presença constante dos Policiais.

 

A operação Fronteira foi concluída às 12h de hoje (8), porém, a região de fronteira continuará com policiamento intensificado, visto que as equipes detectaram alguns peixes mortos pela decoada, porém, em pouca quantidade.