Sobe para 17 o número de pessoas desaparecidas nos desabamentos em Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro

O Corpo de Bombeiros elevou no fim da manhã de hoje (13) para 17 o número de possíveis desaparecidos nos desabamentos de ontem na Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo o coordenador de operações Luciano Sarmento, que é coronel bombeiro, explicou que o número de desaparecidos varia porque depende de uma investigação junto a familiares e vizinhos:

 

“Esse número é dinâmico e varia de acordo com as informações. Paralelo ao trabalho de resgate, temos uma equipe de investigação junto as famílias e vizinhos”, disse o coronel, que afirma que as buscas se darão de forma ininterrupta até que sejam esgotadas.

 

Mais de 100 bombeiros e agentes da defesa civil trabalham no resgate, que conta com a ajuda de cães farejadores e equipamentos específicos para o salvamento em estruturas colapsadas.

 

O resgate em desabamento de prédios deixa mais esperanças de encontrar sobreviventes que no caso dos deslizamentos de terra, comparou o bombeiro.

 

“Podemos encontrar células [locais sob os escombros] que têm um pequeno habitat em que a pessoa pode se manter respirando. Realmente o tempo é nosso inimigo, mas já temos relatos de pessoas que sobreviveram em desastres de até sete dias”.

 

Ao todo, cinco corpos foram retirados dos escombros e dois dos dez resgatados com vida morreram em unidades de saúde. Entre os 17 desaparecidos, é provavel que haja crianças, segundo o coronel, que não especificou o número.

 

Fonte: Agência Brasil

Segunda Turma do STF vai julgar novo habeas corpus do ex-presidente Lula

O plenário da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar um novo pedido de habeas corpusprotocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

O caso deveria ser decidido eletronicamente pelos ministros do colegiado, mas um pedido de destaque do ministro Gilmar Mendes levou o caso para análise presencial. A data do julgamento ainda não foi marcada.

 

No recurso, a defesa de Lula pretende a revisão da condenação do ex-presidente no caso do triplex do Guarujá. Em novembro do ano passado, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer rejeitou o mesmo pedido.

 

Lula foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Por determinação do então juiz Sergio Moro, o ex-presidente cumpre pena provisoriamente na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde 7 abril de 2018.

 

Os julgamentos realizados em ambiente virtual ocorrem quando os ministros do STF podem decidir remotamente sobre uma questão que trate de temas com jurisprudência já consolidada. No entanto, um ministro ou advogado pode pedir destaque e o caso é levado para julgamento presencial.

 

A Segunda Turma da Corte é composta pelos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Celso de Mello e Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava Jato.

 

Fonte: Agência Brasil

Companhia aérea Avianca cancela 180 voos deste sábado a próxima quarta-feira

A companhia aérea Avianca Brasil informou ontem(12) que vai cancelar voos a partir de deste sábado (13), sendo 26 no final de semana e 180 até o dia 17 de abril, de acordo com informações disponíveis no site da empresa às 20h. De acordo com a empresa, a decisão visa minimizar o impacto na operação com o arresto de diversas aeronaves. Com isso, a empresa deixará de vender passagens para diversas localidades.

 

Saiba quais os destinos cancelados aqui .

 

Nesta sexta-feira, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou o cancelamento de matrícula de dez aviões da empresa, atendendo a uma decisão judicial.

 

“Além de dar cumprimento à decisão, a Anac mantém a fiscalização da atuação da empresa diante dos passageiros e segue acompanhando a execução das ações para a readequação da malha aérea e a manutenção da segurança das operações, além de determinar a interrupção das vendas dos voos impactados”, informou a agência reguladora.

 

A Anac disse que também está em contato com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e outros órgãos do Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC) e recomenda que os passageiros fiquem atentos aos comunicados que a Avianca deve fazer sobre a situação dos voos e que, em caso de dúvida, busquem informações no site da companhia aérea ou pelos canais de atendimento telefônico, eletrônico ou presencial.

 

“Em caso de cancelamento ou de alteração do voo por iniciativa da Avianca, o passageiro deve ter os seus direitos respeitados, que estão disponíveis para consulta no portal da Anac na internet ou da página Passageiro Digital , especialmente desenvolvida para dispositivos móveis”, disse a Anac.

 

Em recuperação judicial, a Avianca acumula dívidas de mais de R$ 1 bilhão. No último dia 5, a assembleia de credores aprovou o plano de recuperação judicial em uma reunião que durou mais de sete horas. O plano prevê a divisão da empresa por meio da criação de sete unidades produtivas isoladas (UPIs), que serão levadas a leilão. Seis UPIs conterão partes dos direitos de pousos e decolagens (“slots”) da Avianca nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Santos Dumont e uma vai englobar o programa de fidelidade da empresa. Ainda falta a aprovação do plano pela Justiça.

 

Fonte: Agência Brasil

Mais de 3,6 milhões de estudantes pediram isenção da taxa do Enem 2019, diz Inep

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, de acordo com balanço divulgado ontem (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O resultado final, ou seja, se os pedidos foram aceitos ou não, será divulgado no dia 17 de abril, na Página do Participante.

 

Também no dia 17 será divulgado o resultado das justificativas dos estudantes que não pagaram o Enem 2018 e que, por algum motivo, faltaram às provas. Para pedirem isenção novamente este ano, esses estudantes tiveram que apresentar uma justificativa da ausência.

 

Para consultar o resultado, será necessário informar o CPF e senha criada na hora de fazer a solicitação. O prazo para pedir a isenção da taxa do Enem terminou na última quarta-feira (10). A taxa de inscrição deste ano é R$ 85.

 

Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso, no período de 22 a 26 de abril, também na na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado, no mesmo endereço, a partir de 2 de maio.

 

Para participar do exame, os estudantes, com ou sem isenção da taxa, devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

 

Estudantes isentos 

 

Têm direito à isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio em 2019 em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, o que, em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

 

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 499), ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.994).

 

Enem 2019

 

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5 horas e 30 minutos No segundo dia, os estudantes terão 5 horas para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

 

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado, conforme o edital, em data a ser divulgada posteriormente.

 

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Fonte: Agência Brasil

Mega-Sena acumulada: neste sábado será sorteado prêmio de R$ 45 milhões

O concurso 2.142 da Mega-Sena vai pagar aos acertadores das seis dezenas sorteadas um prêmio estimado em R$ 45 milhões. Aplicado na Poupança da Caixa, o montante pode render mais de R$ 219 mil por mês.

 

Os números serão sorteados na noite de hoje (13) em Botucatu (SP). As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online.

 

Clientes com acesso ao internet banking da Caixa podem fazer as apostas pelo computador, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h. Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um cadastro.

 

O jogo mais barato, em que o apostador marca seis dezenas, custa R$ 3,50. O prêmio máximo é para quem acerta as seis dezenas sorteadas, mas quem faz a quina e a quadra também é contemplado.

 

Dupla de Páscoa

 

As apostas exclusivas para o sorteio especial da Dupla de Páscoa começaram na última quarta-feira (10). A partir de agora, todas as apostas registradas concorrerão ao sorteio especial, podendo ser utilizados tanto os volantes específicos da Dupla de Páscoa quanto os volantes regulares da Dupla-Sena.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Associação Comercial apresenta parecer contra projeto que pode emperrar o comércio em MS e aumentar a inadimplência

Representantes da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) e de outras entidades que estão à frente do comércio da Capital se reuniram na tarde de ontem (12), com o presidente da Comissão do Turismo, Indústria e Comércio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Capitão Contar (PSL), para alertar sobre o Projeto de Lei 29/2019, de autoria de João Henrique Catan (PR), que pode criar mais burocracia para os empresários, encarecer e diminuir a liberação de crédito aos consumidores, e aumentar a inadimplência.

 

O presidente da ACICG, João Carlos Polidoro e o primeiro secretário da entidade, Roberto Oshiro, apresentaram um parecer técnico sobre o Projeto de Lei que, na prática, vai impor a necessidade de autorização dos inadimplentes para a inclusão do próprio nome em cadastros de devedores.

 

A proposta passou pela CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) e teve o parecer favorável com duas emendas supressivas e duas emendas modificativas num Projeto de Lei de apenas 11 artigos. Ela foi encaminhada para análise da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio.

 

O Projeto de Lei copia artigos da Lei Federal 13.709/2018, porém cria meios que conflitam com uma Lei Nacional, que ainda vai entrar em vigor. “Este projeto padece de ilegalidade, pois vai contra o que está na Lei Federal. E esta lei estadual nos preocupa de forma geral, pois quer tratar de cadastramento e coletas de dados de forma individualizada. Imagina se cada estado fizer isso, a bagunça que se tornaria e o problema para os pequenos empresários e o serviço das startups”, expôs Oshiro.

 

O primeiro-secretário da ACICG ainda relatou que, “deputados de outros estados também tentaram apresentar leis em cópia da lei federal, como o Rogério Nogueira, de São Paulo, e Manoela d’Ávila, do Rio Grande do Sul. E eles foram arquivados, justamente porque vai na contramão e causa prejuízo à toda a população”.

 

Caso o Projeto seja aprovado, o crédito se tornará ainda mais restrito à população. “O comerciante ficará com receio de dar crédito e até mesmo de negativar o devedor, pois necessitará de autorização do inadimplente, inviabilizando todo o sistema de proteção ao crédito. Isso vai fazer com que o empresário não tenha uma informação segura para vender e ainda correrá o risco de ter que indenizar o devedor apenas por tentar receber seus direitos. Por fim, isso também acabará prejudicando o bom consumidor, que pagará mais caro em produtos e serviços, sendo diretamente afetado pela dívida do mau consumidor”, relata Roberto Oshiro.

 

O presidente da Associação Comercial disse que o Projeto de Lei parece ser simples, mas alertou que vai implicar na vida de todos os segmentos do comércio e da sociedade como um todo. “Por exemplo, as empresas que vendem por meio de aplicativos: como ela vai comprovar que o cliente permitiu que um cadastro fosse realizado? Meio de transporte, relacionamento, alimentação, são alguns dos segmentos que ficam em aberto no Projeto, e vão ser impactados, e até a divulgação de cursos e palestras. Tudo isso já está previsto em Lei Federal, então, por que Mato Grosso do Sul precisa antecipar esse problema?”.

 

Polidoro contribuiu ainda sobre os trabalhos dentro da Casa de Leis. “Precisamos rever essa questão de se fazer Lei simplesmente por fazer. É muito mais importante que se trabalhe para fazer cumprir as leis já existentes do que criar novas, pois já temos um arcabouço absurdo pra cumprir enquanto cidadãos, empresários, como seres de uma sociedade. É importante se levar em consideração que afeta todos os segmentos da sociedade e precisamos ficar atentos a isso”, afirmou.

 

A representante da OAB/MS enalteceu que acompanhará de perto o andamento do projeto de lei, que encontra divergência e pode ir na contramão do fomento das empresas em todo o Estado. Já o deputado Capitão Contar, acolheu todas as argumentações e informou que levará o caso ao conhecimento da Comissão, onde o projeto de lei se encontra. “Acredito que precisamos ouvir todas as pontas do processo, para que não haja entraves, principalmente porque nosso país já tem muitas leis, e uma boa parte não é aplicada”, finaliza o parlamentar.

 

Com apresentação típica, prefeitura inicia semana da valorização da cultura indígena

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por intermédio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos, liderada pela Coordenadoria de Defesa das Populações e Comunidades Indígenas, iniciou na manhã deste sábado (13), com a tradicional “Dança do Bate-pau”, a Semana da Valorização da Cultura Indígena.

 

O evento é o primeiro de outros tantos que serão realizados nesta semana que antecede o dia 19 de abril,  quando se comemora o Dia do índio. A semana promove a inclusão e a divulgação da cultura, artesanato e gastronomia indígena.

7Z2A0256 (Copy)

“Nossa gestão é a primeira a criar a coordenadoria de Defesa das Populações e comunidades Indígenas, onde a pessoa que ocupa o cargo foi escolhida pela comunidade indígena. Todo povo tem sua história: libaneses, portugueses, japoneses, e os índios também.  Não se pode deixar morrer a tradição, os costumes, danças. Estamos sempre ao lado da comunidade indígena”, declarou o prefeito.

 

O coordenador de Defesa das Populações e Comunidades Indígenas, Ivan dos Santos, ressaltou a importância da semana para a divulgação das riquezas da cultura indígena. “Este e o início de uma semana muito importante para os povos Indígenas, pois serve para uma maior divulgação da riqueza da cultura indígena, através de suas apresentações, comidas típicas e artesanato. Além disso, temos uma semana dedicada a discussões de suma importância para o contexto urbano indígena de Campo Grande”, avaliou.

 

O subsecretario de Defesa dos Direitos Humanos, Ademar Junior, também destacou a visibilidade dada à população indígena e os diversos projetos já realizados para a comunidade. “Mostra o comprometimento da gestão municipal com toda a população de Campo Grande. Já tivemos muitas conquitas: projeto Censo Cidadão, Regularização Fundiária ,Projeto Qualifica Mais Indígena, Jogos Indígenas, entre outros”, lembrou.

 

 

Copa Truck será realizada neste fim de semana; prefeito vistoria autódromo

Campo Grande sediará  a segunda etapa da Copa Truck, Mercedes-Benz Challenge e a Hyundai Copa HB20 neste fim de semana. O prefeito Marquinhos Trad ,acompanhado do diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra, e da secretária da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Melissa Tamaciro, fez a vistoria no Autódromo Internacional de Campo Grade ontem. Na ocasião, o prefeito destacou todo o trabalho até a chegada das provas.

 

“Há onze meses estamos preparando o autódromo para este domingo (14). Nós estamos trazendo uma opção de lazer aos campo-grandenses e para todos os sul-mato-grossenses. Com este evento, a gente movimenta toda a rede financeira da cidade. Nós viemos do centro e observamos que os três hotéis estão lotados. As pessoas vão andar de táxi, ir ao shopping e isso movimenta o comércio da cidade. Fora isso, nós temos o mercado de turismo e nós estamos franqueando a eles um local de visitação. Tudo isso é bom para cidade e gera empregos. Na minha gestão nós não vamos medir esforços para a realização das provas em nossa cidade”, frisa Marquinhos.

 

7Z2A9521 (Copy)

A diretora geral da copa Truck, Vanda Camacho, destaca que a expectativa para o evento é muito boa. “Esperamos que o tempo fique firme para fazermos um bom espetáculo aqui em Campo Grande”.

 

 

Para a secretária Municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, com o evento é possível  fazer uma movimentação  completa da cadeia  do turismo, tendo  o primeiro impacto nos hotéis e  restaurantes.

 

“Este evento é muito importante, porque movimenta a cultura e o turismo. Os visitantes entregam para nossa gente um ativo econômico, e a gente entrega para eles a cultura de nossa gastronomia. Campo Grande está posicionado como turismo de negócio. Quando a gente fala de uma Capital de turismo e negócio engloba fortemente o esporte, porque nós somos uma capital que tem essa característica de aventura com a natureza muito arraigada no nosso DNA. Para nós o evento esportivo e fundamental e estratégico porque movimenta a economia de nossa Capital”, diz Melissa.

 

A secretária de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro lembra que nesta etapa recebe, entre pilotos e equipe, um total aproximado de 700 pessoas de todo o Brasil.

 

“Diretamente, esse público movimenta, em media, 350,00 reais/dia, consumindo serviços e produtos do trade do turismo Na conta, temos um total direto em movimentação de hotéis, restaurantes, compras locais, sendo um total aproximado de dois milhões de reais na nossa localidade. O outro lado do impacto econômico está na contratação de serviços diretos e indiretos para a montagem do evento, que movimentará, aproximadamente, R$ 1.000.000,00 em serviços, impactando entre 300 e 400 pessoas direta e indiretamente nas contratações”, Diz Melissa.

 

O diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, aponta os ajustes que foram feitos no Autódromo de Campo Grande e na pista de corrida para realização das provas do domingo.

 

7Z2A9483 (Copy)

“Fizemos as melhorias por metas, para que estas provas viessem a Campo Grande e as outras além dessas. Fizemos o acerto com a Federação de Automobilismo para que outras provas aconteçam em Campo Grande. Tem algumas obras que a população não consegue ver. Mas fizemos o muro de contenção, que é muito importante para proteger os pilotos participantes das corridas. Fizemos melhorias nas curvas em zebras e agora temos outras ações para fazer nas melhorias ainda este ano. Tudo isso é feito com a estrutura da Prefeitura, com o trabalho dos funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura”, finaliza Rodrigo.

 

Uma preocupação da Prefeitura é o acesso ao local no momento dos grandes eventos esportivos de automobilismo. Neste ano, a Prefeitura, em parceria com PRF, Polícia Municipal e Agetran, construíram um plano de ação, conforme comentou Rodrigo terra, diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes (Funesp).

 

Com 3.588 metros de pista, o Autódromo Internacional de Campo Grande receberá ainda em agosto a Stock Car prevista para o dia 29.

 

Programação

 

No domingo (14), se iniciam com treinos de aquecimento das três categorias antes atividades promocionais, que compreendem voltas rápidas com convidados e visitação aos boxes. Às 11h20 (de Brasília, 10h20 local), pelo Band Sports, acontece a primeira corrida do dia, do Mercedes-Benz Challenge. A Copa Truk define seu campeão com duas corridas na sequência a partir das 13h (de Brasília, 12h local) com transmissão do SporTV3. Encerrando a programação, a Hyundai Copa HB20 completa a primeira rodada de sua história às 14h (de Brasília, 15h local), ao vivo pelo Band Sports.

 

Serão nada menos que cinco corridas em dois dias: quatro delas acontecem no domingo, enquanto o sábado ficará responsável pelos treinos de classificação e a primeira prova da Hyundai HB20, que abre sua rodada dupla às 14h45 no horário de Brasília (13h45 local), logo após a tomada de tempos da Copa Truck e antecedendo a do Mercedes-Benz Challenge. Já a sexta-feira ficará reservada aos treinos livres: juntando os três campeonatos, serão dez sessões de carros na pista, com oito no sábado – isso sem contar as ações promocionais e visitação nos boxes. Ou seja: serão dias repletos de ação.

Motorista em carro furtado foge do DOF e abandona 500 quilos de maconha

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de ontem (12), um veículo Chevrolet Prisma de cor cinza e placas falsas de Campo Grande (MS), com o lacre da placa rompido e carregado com vários volumes prensados de maconha, com peso total de 500 quilos.

 

Foto: Assecom/DOF.

O condutor evadiu-se assim que visualizou o bloqueio policial para fiscalização na região de Dourados (MS). Os policiais iniciaram a eprseguição por aproximadamente um quilômetro, quando localizaram o veículo abandonado em uma plantação de milho. O condutor não foi localizado.

 

Durante a checagem dos agregados do veículo (numeração de chassi e motor), os policiais localizaram um registro de Furto na cidade de Uberlândia (MG) no dia 5 de março de 2019. As placas originais do veículo Prisma são de Uberaba (MG).

 

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde será instaurado um Inquérito Policial para apuração dos fatos.