Morre em SP o cantor Roberto Leal, aos 67 anos; conhecido pela música “Arrebita”, ele estava internado havia 5 dias

Morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, onde o cantor estava internado. Ele ficou conhecido pela música “Arrebita”.

 

 

A morte ocorreu devido a um melanoma maligno (tumor) que evoluiu, atingindo o fígado e causando síndrome de insuficiência hepato-renal. O cantor vinha há dois anos tratando um câncer.

 

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, Leal foi internado no hospital desde terça-feira (10), após ter uma reação alérgica a um medicamento que tomou.

 

O velório será na segunda-feira (16) na Casa Portugal, das 7h às 14h. O enterro será à tarde, no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, informou o empresário do cantor há mais de 40 anos, José Sá.

 

Roberto Leal morava na capital paulista havia alguns anos.

 

Carreira

 

 

Em 45 anos de carreira, vendeu mais de 17 milhões de discos e gravou mais de 400 músicas. Entre elas, também estão faixas como “Bate o pé” e “A festa ainda pode ser bonita”.

 

Nascido em Macedo de Cavaleiros, no norte de Portugal, o cantor se mudou para o Brasil aos 11 anos, com os pais e nove irmãos. Em São Paulo, trabalhou como sapateiro e vendedor em uma feira.

 

Em 1978, protagonizou o filme “O milagre – O poder da fé”, inspirado em sua própria história.

 

No final dos anos 80, voltou a morar em Portugal para se dedicar ao mercado musical europeu. Nesse período, comandou um programa na TV do país.

 

Mais de 20 anos depois do lançamento de “Arrebita”, a popularidade do cantor ganhou vida nova quando, em 1995, os Mamonas Assassinas lançaram “Vira-vira”, que satiriza músicas dele.

 

Em entrevistas, Leal costumava dizer que se sentia homenageado pelo grupo.

 

Retornou ao Brasil em 1998 e, dois anos depois, lançou o disco “Roberto Leal canta Roberto Carlos”. Seguiu produzindo discos e coletâneas. O último, “Arrebenta a festa”, saiu em 2016.

 

Em 2018, foi candidato a deputado estadual de São Paulo pelo PTB, mas não conseguiu se eleger.

 

Fonte: G1
Foto: Divulgação

Presidente Jair Bolsonaro continua ingerindo dieta pastosa, diz boletim médico

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, internado no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, continua ingerindo comida cremosa com boa aceitação. Segundo o boletim médico divulgado na manhã de hoje (15), ainda neste domingo será iniciada a redução do volume da alimentação parenteral (endovenosa).

 

O boletim informa ainda que o presidente está sem febre e sem dor, com melhoria progressiva do quadro geral e dos movimentos intestinais. Bolsonaro continua fazendo fisioterapia respiratória, motora e caminhandofrequentemente pelo corredor.

 

Segundo o porta-voz da Presidência, Otavio Rêgo Barros, as visitas seguem restritas e não há previsão de visitas para hoje. A primeira-dama Michelle Bolsonaro e o filho do presidente, o vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro, acompanham o presidente.

 

De acordo com Rêgo Barros, o estado de ânimo do presidente é excelente, o que vem sendo comprovado pela equipe médica a cada visita. Entretanto, ainda não há data prevista para alta.

 

“A previsão de alta estará associada ao quadro clínico que vem evoluindo muito bem, então há expectativa. Não gostaria de adiantar uma data mas estamos esperançosos que seja num prazo curto. A dieta pastosa pode ser um parâmetro para a alta”, disse Rêgo Barros.

 

Bolsonaro está internado desde o dia 7, para a realização de sua quarta cirurgia após ter levado uma facada durante um ato da campanha para a eleição presidencial no dia 7 de setembro do ano passado.

 

Ele é acompanhado pela equipe composta pelo cirurgião-chefe Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, pelo clínico e cardiologista Leandro Echenique, pelo diretor médico do Hospital Vila Nova Star Antônio Antonietto e pelo médico da Presidência da República, Ricardo Peixoto Camarinha.

 

Rêgo Barros disse que há possibilidade de o Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo se deslocar para Brasília para uma avaliação do presidente antes de sua viagem para os EUA, quando deve participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.

 

Fonte: Agência Brasil

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 120 milhões na quarta-feira

As seis dezenas do Concurso 2.188 da Mega-Sena, sorteadas ontem (14) no Espaço Loteria Caixa em São Paulo, não teve vencedores. O prêmio para o próximo concurso, que será sorteado na quarta-feira (18), está estimado em R$ 120 milhões.

 

Os números sorteados foram 2 – 17- 21 – 28- 51- 60

 

A quina teve 154 ganhadores que vão receber, cada um, R$ 47.474,72. Fizeram quatro pontos 13.387 apostadores, que receberão o prêmio individual de R$ 780,19.

 

As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h de de quarta-feira. A aposta mais barata, com seis números, custa R$ 3,50.

 

Fonte: Agência Brasil

UERJ: aparelho portável desenvolvido no Brasil facilita exames na retina

O Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é o primeiro do estado a usar o “Eyer’, retinógrafo portátil, totalmente desenvolvido no Brasil, com tecnologia nacional, por três ex-alunos da Universidade de São Paulo (USP), ‘campus’ São Carlos.

 

Por ser portátil, o aparelho permite fazer o diagnóstico precoce e levar o exame de fundo de olho para pontos remotos, auxiliando médicos clínicos, cardiologistas, e de outras especialidades, que têm acesso a esse tipo de exame. O retinógrafo permite fazer o ‘upload’ (enviar informação para um computador remoto) da imagem para uma “nuvem” e a análise, ou diagnóstico, é feita remotamente, com a mesma qualidade.

 

“É um projeto dos últimos dois a três anos que criou um aparelho capaz de fazer fotografias da retina, do fundo de olho”, disse à Agência Brasil o oftalmologista Flávio Mac Cord Medina, médico do HUPE e membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). O retinógrafo é acoplado a um ‘smartphone’ que tem lentes próprias para captar as imagens da retina.

 

O médico explica que em doenças como a retinopatia diabética, glaucoma, degeneração macular relacionada à idade, o retinógrafo portátil consegue ampliar a oportunidade de exames para novos pacientes. O novo equipamento pode ser usado também nos berçários, auxiliando na identificação de problemas como a retinopatia da prematuridade, tipo raro de problema visual.

 

Vantagens

 

O retinógrafo convencional, que é acoplado a uma mesa e instalado em uma sala, pesa mais de 100 quilos e não permite que seja deslocado. Além disso, exige que os adultos fiquem posicionados corretamente durante o exame de fundo de olho para poder capturar de forma adequada as imagens. Para crianças e bebês que não podem se posicionar no aparelho convencional, o novo equipamento traz vantagens, apontou o médico. “Tem uma mobilidade que torna possível examinar a retina em outras faixas etárias, em pacientes que estão acamados, ou em UTIs”.

 

Na avaliação de Flávio Medina, o principal benefício do retinógrafo portátil é que ele pode ser usado em triagens nos postos de saúde, em atendimentos primários nas unidades básicas de saúde. “Esses são os locais em que o aparelho tem a melhor utilidade, para fazer a triagem em pacientes cujas doenças podem levar à cegueira”, disse o especialista.

 

Outro fator positivo é que ele apresenta um custo reduzido em relação ao retinógrafo convencional. Enquanto este está avaliado em R$ 100 mil, o aparelho portátil tem valor em torno de R$ 25 mil. O novo equipamento ‘Eyer’, desenvolvido pela ‘startup’ Phelcom Technologies, foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está liberado para entrar no mercado. Flávio Medina começou a usá-lo no Hospital Universitário Pedro Ernesto há algumas semanas.

 

Tecnologia

 

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do CBO, José Ottaiano, disse que o avanço da tecnologia e, principalmente, da inteligência artificial, pode contribuir para auxiliar de forma significativa a prática da medicina, e da oftalmologia, em particular, sem que haja prejuízos à relação médico-paciente. “Dada à própria característica da medicina, o aspecto humanístico da relação com o paciente em hipótese alguma deve ser comprometido”.

 

Segundo Ottaiano, na oftalmologia hoje 100% das máquinas têm ‘chip’. Uma área que desenvolveu muito na oftalmologia é a de tratamento e cirurgia a laser. “Aí, você aplica vários tipos de laser, como o argon laser, que a gente utiliza em retina; o yag laser, em algumas situações de glaucoma; o excimer laser, que se utiliza muito para cirurgias de grau, tipo miopia, astigmatismo”. O mais recente é o fentom laser que já faz parte de cirurgias de catarata e é utilizado também em algumas cirurgias refrativas. “De fato hoje, a especialidade oftalmologia tem uma expressão extremamente forte dentro desse avanço tecnológico”, explicou o presidente do CBO.

 

Fonte: Agência Brasil

Perícia da polícia confirma que incêndio começou em gerador do hospital

Os peritos da Polícia Civil constataram que o incêndio que matou 11 pessoas na última quinta-feira (12) no Hospital Badim, no Rio de Janeiro, começou no gerador de energia da unidade. Eles estiveram hoje no subsolo do prédio incendiado e recolheram peças do equipamento.

 

Segundo os peritos, é preciso, no entanto, esperar que a empresa responsável pela manutenção dos geradores retire uma peça específica do equipamento. Essa peça será levada ao laboratório do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, da Polícia Civil, e analisada, para que se conheça a causa do incêndio.

 

“Sabemos que o problema foi no gerador. Vai ser feito um estudo mais aprofundado para saber a manutenção e como se deu esse problema, que gerou o incêndio”, disse o delegado responsável pela investigação, Roberto Ramos, da Delegacia da Praça da Bandeira (18ª DP).

 

Segundo ele, ainda não é possível apontar responsáveis pelo incêndio e será preciso colher depoimentos. “Inicialmente, nossa preocupação era constatar essa perícia de maneira eficaz. Pessoas serão ouvidas na segunda-feira”, afirmou. “Vamos ouvir todo mundo que for necessário para as investigações”.

 

Fonte: Agência Brasil

Polícia Ambiental autua em R$ 750 mil traficante de papagaios preso em flagrante

A Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul e o Ibama, como no ano passado, no período de reprodução dos psitacídeos (papagaio, arara, periquitos, maritacas, etc.) estão realizando operação contra o tráfico de animais silvestres, especialmente o papagaio. Nesta primeira fase, a “Operação Bocaiúva I” envolve 43 policiais e fiscais e foi iniciada na quinta-feira (12), no intuito principal de evitar a retirada dos filhotes dos ninhos, tendo em vista, que depois da retirada das aves, mesmo quando se apreendem, os problemas à natureza e os custos econômicos, para cuidar dos animais até a reintrodução envolvem muito dinheiro público.

 

Enquanto as equipes se distribuem em fazendas e bloqueios, os outros órgãos de segurança, como, Unidades da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, principalmente da região com maior índice do tráfico, foram alertados para atentarem para o problema neste período.

 

Ontem (14)  à noite, Policiais Militares Ambientais de Bataguassu autuaram um de traficante de animais silvestres, que estava com 150 filhotes de papagaios ilegalmente, em quatro caixas de madeira em seu veículo Fiat Uno, com placas de São Paulo, abordado pela Polícia Militar da 2ª Companhia de Bataguassu, nas proximidades do posto de combustível Prudentão, na rodovia BR 267.

Os militares deram voz de prisão ao infrator, apreenderam o veículo e as aves e acionaram a equipe da PMA, que estava em bloqueio na região, na operação de combate ao tráfico dessas aves, para proceder a autuação administrativa (multa ambiental). Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu e responderá por crime ambiental, com pena prevista de seis meses a um ano de detenção.

 

O infrator, residente em Ivinhema, afirmou que pegou os papagaios nos ninhos em fazendas na região do Distrito de Casa Verde, no município de Nova Andradina e os levaria para venda no estado de São Paulo por R$ 100,00 cada ave.

 

Os Policiais Militares Ambientais autuaram o traficante e arbitraram multa de R$ 750.000,00. A PMA encaminhará as aves ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) na Capital.

 

REGIÃO PRINCIPAL DO TRÁFICO E PERÍODO PREOCUPANTE

 

A região principal do problema de tráfico de papagaio e que é monitorada é basicamente a que constitui os municípios próximos às divisas com os estados de São Paulo e Paraná, como Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina, Três Lagoas e Brasilândia, além de Naviraí, Itaquiraí, Eldorado e Mundo Novo, porém, a operação está sendo realizada em todo o Estado, como em 2018, quando houve redução na retirada de filhotes de papagaios no Estado.

 

Nesta operação, com foco principal a evitar a retirada, ninhos estão sendo monitorados e fechadas as saídas do Estado com bloqueios, especialmente, nas saídas para o estado de São Paulo, que é o destino principal registrado dos filhotes de papagaios traficados em Mato Grosso do Sul.

 

O período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres, pois é o período reprodutivo dos papagaios que é o animal mais traficado no Estado. A PMA mantém trabalhos preventivos nas propriedades rurais para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, para a retirada dos filhotes.

 

PROBLEMAS DO TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES

 

O tráfico de animais silvestres é considerado a terceira atividade criminosa mais rentável, perdendo apenas para o tráfico de drogas e o tráfico de armas. Porém, em Mato Grosso do Sul, o problema se resume quase que especificamente ao papagaio.

 

Como o que interessa ao comprador na espécie, é a capacidade que ela tem de aprender a imitar a voz humana, a retirada só é realizada enquanto filhote. Por esse motivo, o período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres no Estado de Mato Grosso do Sul, pois é o período reprodutivo dos papagaios, que é o animal mais traficado no Estado.

 

Por isso, neste período, operações preventivas nas propriedades rurais para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, para a retirada dos filhotes são fundamentais. Também é importante a vigilância a traficantes presos em anos anteriores. Bloqueios são importantes também nas saídas do estado são, pois evitam que traficantes de fora e locais sintam-se tentados a praticar o crime.

Sem previsão de chuva, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas

Devido a ação de massa de ar seco no centro do país e os efeitos do El Ninõ, a previsão é que ocorra escassez de chuvas em Mato Grosso do Sul até novembro. Com isso, a orientação é que a população procure evitar situações de risco que possam resultar em queimadas, tanto na área urbana como na zona rural.

 

A coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec), Franciane Rodrigues, explicou que durante o mês de setembro deve ocorrer ausência de chuvas devido o predomínio de massa de ar seco sobre a região central do país. No final do mês, devido áreas de instabilidades, pode ser que ocorra chuva nas regiões sudoeste e sul, predominando parte do extremo sul.

 

Os indicadores apontam que outubro terá chuvas abaixo da média. Não é esperado chuvas regulares durante o período. Durante parte do ano, Mato Grosso do Sul esteve sobre predomínio do El Ninõ.  Apesar de ele ter desintegrado suas características ainda segue atuando em outubro, com temperaturas acima da média e chuvas abaixo da média no Estado. É esperado que as chuvas regulares e com acumulados significativos voltem a ocorrer em novembro.

 

A recomendação é para que a população evite a prática de queimadas controladas, mesmo que autorizadas pelo órgão ambiental competente. Os produtores rurais devem ficar atentos a possíveis frentes de fogo que possam atingir os limites de suas propriedades.

 

Entre as orientações para prevenção de queimadas estão:

– Nunca jogar resto de cigarro ainda acesso, por menor que seja, em locais onde haja vegetação, principalmente onde ela estiver seca;

– Para as pessoas que viajam bastante evitar jogar lixo pela janela do carro é essencial para que as queimadas sejam evitadas, pois esse material jogado poderá servir de alimento para o fogo;

– Em caso de acampamentos a fogueira precisa ser feita em locais onde não haja vegetação, principalmente seca, ou a faça bem perto de um rio, observando o sentido do vento para que as centelhas desse fogo possam iniciar um incêndio florestal;

– Em hipótese alguma se deve soltar balão, pois estes também são um dos maiores causadores de queimadas e por isso não soltá-los é uma maneira de evitá-las;

– Nunca usar fogo para queima de lixo ou para a limpeza de plantação;

– Próximo às estradas e torres de transmissão o ideal é providenciar uma aceiro (limpeza de um terreno em volta de propriedades, matas e coivaras, para impedir propagação de incêndios) nas proximidades, de modo a evitar, em caso de incêndio, que este se alastre.

 

Tempo: domingo com umidade do ar em alerta e calor de 43°C no Estado

O tempo deve permanecer firme em todo Mato Grosso do Sul neste domingo (15.09). A diferença é que as temperaturas tendem a ser mais elevadas que ontem. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os termômetros podem chegar aos extremos 43°C, e consequentemente a umidade do ar estará baixa, na casa dos 15%, considerado estado de alerta pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

A previsão para o dia é de céu claro com névoa seca. Durante a manhã a umidade do ar será de 60 %, e a temperatura será de 20°C no Estado. Para Campo Grande a previsão é de céu claro com névoa seca, baixa umidade, e ventos moderados. Os termômetros devem registrar mínima de 25°C e máxima de 39°C. Já a umidade do ar ficará entre 60% e 15%.

 

Diante das condições meteorológicas não favoráveis, a Defesa Civil alerta para cuidados essenciais com a saúde, principalmente de crianças e idosos: Aumentar a ingestão de líquidos; fazer refeições leves e mais frequentes; evitar exposição ao sol entre 10h e 16h; usar protetor solar; evitar banhos quentes; usar hidratante corporal; e usar umidificador de ambientes.

 

Confira a previsão para alguns municípios do Estado no mapa elaborado pelo Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec).

 

Câmara Municipal fará homenagens pelo Dia do Administrador e Economista

Os vereadores de Campo Grande realizam nesta segunda-feira (16), às 19h, Sessão Solene em comemoração ao Dia do Economista e Administrador, com outorga da Medalha Legislativa do Mérito “Cristóvão Silveira”.

 

A data foi instituída por meio da Resolução n. 1.259/17, como forma de reconhecimento pelos relevantes serviços prestados ao desenvolvimento econômico do município.

 

Cristóvão Silveira foi vereador de Campo Grande por cinco mandatos (de 1993 a 2012).  Ele e a esposa Fátima Silveira foram assassinados no dia 18 de julho de 2017. A medalha recebe seu nome como forma de homenageá-lo. Ele foi autor da lei que instituiu a Semana do Administrador. 

 

Confira a lista de homenageados:

ADEMIR SANTANA – PATRICIA HELENO FAGUNDES e JOÃO GUILHERME FERREIRA DE SOUZA

BETINHO – EDI MARY MONTEIRO e CLEITON FERREIRA LOPES

CAZUZA – LUIS FERNANDO PINHEIRO FERREIRA e GERSON LUIZ DE SOUZA ALMEIDA

CHIQUINHO TELLES – ANA FERNANDA DAS NEVES e JUSSARA MENDES

DELEGADO WELLINGTON- AMILTON OBINO DE ABREU e LUIZ ANTONIO DOS SANTOS MONTEIRO

DHARLENG CAMPOS – THUZA OLIVEIRA PAIM e KATIENE GONZALES LOPES

  1. LOESTER – DEUSDETE LOPES DE OLIVEIRA e ADEMIR ALMADA DE GOES JUNIOR

EDUARDO ROMERO – MILTON CESAR PEREIRA DE OLIVEIRA e JOÃO ADALBERTO DUDAS

ENFERMEIRA CIDA AMARAL – JOAQUIM RECALDES DOS SANTOS JÚNIOR e ALMIR NADOLNY ROCKEMBACH

FRITZ – FABIO NOGUEIRA DA SILVA e ANDRÉA COSTA DA SILVA

GILMAR DA CRUZ – RENNÊ AUGUSTO GOMES XAVIER e JEFFERSON CARLO DOS SANTOS MARECO

JUNIOR LONGO – JULIANA MIRIAN DOLENKEI BRAGA

OTAVIO TRAD – LUIZ CARLOS DA SILVA

PAPY – MICHEL ANGELO CONSTANTINO DE OLIVEIRA e ROBERTO AUGUSTO ROQUE DOS SANTOS

Pr. JEREMIAS FLORES – CARLOS AUGUSTO GONÇALVES COIMBRA

VETERINÁRIO FRANCISCO – DAVID DRUMMOND BARRETO DOS REIS e ELIANE ARRUDA DO NASCIMENTO

WILLIAM MAKSOUD – MÁRCIA MARIA SOUSA SANDIM e PAULO ROBERTO DOS SANTOS

CÂMARA MUNICIPAL:

JORGE TADEU DE BARROS VENEZA

NERALDO DE ARAUJO

JOÃO EDUARDO BARBOSA ROCHA

ANDRÉ MONTEIRO MALTEZ

ROGÉRIO ELÓI GOMES BEZERRA

FABIENE GARDIM

JUSTO RAFAEL FERNANDEZ URBIETA