Cejuscs de Campo Grande recebem pedidos pré-processuais via WhatsApp

Os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Campo Grande estão com mais uma facilidade para a população resolver conflitos, sem a necessidade de abertura de ações judiciais e, agora, sem sair de casa. Apenas com uma mensagem de WhatsApp os interessados podem pedir a abertura pré-processual, por exemplo, de um divórcio.

 

Os telefones para ter acesso aos pedidos são:

– Cejusc – TJMS – (67) 98472-8046;
– Cejusc – Cijus- (67) 98478-2207;
– Cejusc – Defensoria Pública -Unidade Horto-(67) 98465-4062;
– Cejusc – Associação Comercial de Campo Grande-(67) 98467-4019

 

Basta gravar na agenda do seu celular algum destes Cejuscs e mandar uma mensagem.

 

Os pedidos pré-processuais são aqueles em que nenhuma das partes ingressou com um processo no Poder Judiciário e estão dispostos a passar pelos métodos de Conciliação ou Mediação, com profissionais capacitados pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec).

 

Além de pedidos de divórcio, é possível pedir uma mediação ou conciliação para os seguintes casos: dissolução e reconhecimento de união estável, modificação de guardas e visitas e fixação de alimentos aos filhos.

 

Mandando um pedido de mediação ou conciliação pré-processual, via WhatsApp, é necessário documentação pessoal e comprovante de residência. A audiência será marcada posteriormente por um mediador e acontecerá por meio de videoconferência. Todas as dúvidas relacionadas ao procedimento podem ser retiradas, também, via WhatsApp.

 

Confira os requisitos necessários para fazer o pedido:

1- nome das partes (requerente e requerido)
2- pedido (assunto pretendido)
3- telefone celular das partes
4- comprovante de residência do requerente
5- identidade da parte requerente
6- certidão de nascimento dos filhos (caso houver)
7- certidão de casamento (caso for divórcio)

 

Os coordenadores do Nupemec, Des. Vladimir Abreu da Silva e Des. Ruy Celso Barbosa Florence, respectivamente de conciliação e de mediação, são apoiadores da pacificação social e disseminação da política de tratamento adequado de resolução de disputas.

POLÍTICA