Intenção de compras na Black Friday cresce e 61% aproveitarão as promoções

A Black Friday 2020 deve movimentar o comércio. De acordo com o levantamento realizado pela CNDL – Confederação das Câmaras de Dirigentes Lojistas e Offer Wise, 61% dos consumidores pretendem fazer compras na Black Friday 2020, crescendo 24% em relação a ano anterior.

 

Entre os produtos mais procurados estão roupas, calçados e smartphones. E, ainda sob o impacto da pandemia do Covid-19, a Black Friday se consolida como uma das melhores datas para o comércio. “No setor está aguardando com grande expectativa a data e, com certeza o consumidor também, pois a Black Friday tem sido uma oportunidade de aquisição”, destacou Adelaido Vila, presidente da CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande.

 

“Temos orientado que os lojistas ofereçam descontos concretos, que possam dar visibilidade a suas lojas e que contribuam com a consolidação da data, sendo uma das mais importantes para o comércio”, ressaltou Adelaido Vila.

 

O consumidor vê na Black Friday uma grande oportunidade de aquisição. “Há quem guarde dinheiro para comprar o objeto desejado, com o preço mais baixo. É o momento em que as pessoas aproveitam para antecipar as compras de final de ano e fazer economia com as promoções, por isso a expectativa do comércio é bastante positiva”.

 

Em Campo Grande a expectativa também é positiva. “Nosso comércio passou por várias crises, econômica e com a pandemia, contamos com a Black Friday para ganhar fôlego para o Natal e a virada do ano. Estamos acreditando que 2021 será um ano de crescimento para o setor”, avaliou Adelaido Vila.

 

Levantamento

 

A pesquisa aponta que 61% dos entrevistados afirmam que pretendem fazer compras na Black Friday esse ano. Um percentual 24% maior que o do ano de 2019.

 

Entre os consumidores que pretendem fazer compras, 63% acreditam que seja o momento oportuno para aquisição de produtos que estão precisando, com preços mais baixos. Já 37% querem aproveitar para antecipar as compras dos presentes de Natal.

 

Dado importante é o referente aos que não pretendem comprar nada na Black Friday. Segundo o levantamento, 24% dos entrevistados não farão compras e alegam estar sem dinheiro e 20% respondeu que está desempregado, motivo pelo qual não aproveitarão as promoções.

 

Metodologia

 

Foram entrevistados homens e mulheres das 27 capitais brasileiras, com idade igual ou maior a 18 anos e de todas as classes econômicas, excluindo analfabetos.

 

A pesquisa foi realizada pela internet e pós-ponderada por sexo, idade, estado, renda e escolaridade, com amostra de 982 casos em um primeiro levantamento para identificar o percentual de pessoas com intenção de comprar na Black Friday.

 

Em seguida, continuaram a responder o questionário 623 casos, que tinham a intenção de comprar na Black Friday. Resultando, respectivamente, uma margem de erro no geral de 3,1 p.p e 3,9 p.p para um intervalo de confiança a 95%. Data de coleta dos dados: 19 a 26 de outubro de 2020.

 

A CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande é parte do Sistema CNDL, representado em Mato Grosso do Sul pela FCDL.

POLÍTICA