Live de amanhã é sobre direitos e deveres da população em tempos de pandemia

A Comissão Especial em apoio ao Combate a Covid-19 da Câmara Municipal de Campo Grande realiza, na quarta-feira (3), live para um bate-papo com as advogadas Tarsilla Franccesca, especialista em Direito Constitucional e Bárbara Prado, especialista em Direito de Saúde e Gestão que elaboraram um e-book para falar sobre os direitos e deveres da população em tempos de pandemia. A transmissão pode ser acompanhada todas as quartas-feiras, às 9h30, pelo facebook.com/camaracgms ou pelo instagram @camaracgms.

 

Os eventos realizados pela Casa de Leis continuam fechados ao público, mas a população pode participar enviando perguntas que serão respondidas pelos vereadores e convidados durante a transmissão.

 

Diante do cenário de pandemia, a necessidade de conscientização da população sobre os direitos, principalmente, os deveres para o enfrentamento de uma doença que vem atingindo o mundo inteiro, as advogadas convidadas para live observaram a situação da pandemia do Coronavírus e resolveram elaborar um e-book para levar ao conhecimento da população direitos pertinentes a constitucionalidade e a saúde.

 

De acordo com Tarsilla Franccesca o material produzido tem o intuito de levar informação para população. “Observando a situação da pandemia percebi que podia utilizar meu conhecimento para ajudar a população com intuito de informar sobre direitos e deveres. Foi então que convidei a dra. Barbara para contribuir com sua visão e, em seguida, pensei que doar esse material para a Comissão seria uma forma de ampliar o alcance aos cidadãos de nossa cidade”, avaliou.

 

O e-book ficará disponível no site da Câmara de Vereadores. O livro digital trata de assuntos como obrigatoriedade do uso de máscaras nos espaços públicos, o uso de medicamentos para o tratamento do Coronavírus, a ocupação dos leitos hospitalares, entre outros.

 

A Comissão Especial de Apoio ao Combate a Covid-19 da Casa de Leis é composta pelos vereadores Dr. Lívio (presidente), Eduardo Romero, Pastor Jeremias Flores, Betinho e Delegado Wellington.

POLÍTICA