Debate público entre os candidatos à Reitoria da UFMS será no dia 8 de maio

 

As regras do debate público entre as chapas que concorrem à Reitoria da UFMS 2024-2028, para o processo de consulta à comunidade universitária, já foram definidas e a data já está marcada, 8 de maio, às 19h. A regulamentação foi publicada pela Comissão Executiva Central, responsável pelo processo. Ainda sem local definido, o debate terá transmissão ao vivo pelo canal da TV UFMS.

 

O presidente da Comissão Executiva Central, Henrique Mongelli, destaca que o debate é uma oportunidade para que a comunidade universitária conheça melhor as propostas e os próprios candidatos. “O debate é um evento importante no qual as candidatas e os candidatos podem defender as propostas contidas em seus programas de trabalho. Para a comunidade universitária, de todas as unidades, é um espaço que possibilita a comparação das propostas para um mesmo questionamento, uma vez que no bloco de perguntas da comunidade, cada pergunta é dirigida a todos os candidatos”, explica.

 

Conforme a resolução, o debate entre as chapas terá quatro blocos. O primeiro terá a apresentação dos candidatos, com quatro minutos para cada chapa. O segundo bloco consiste em perguntas entre as chapas, considerando que a chapa respondente de uma pergunta passa a ser a arguidora da pergunta subsequente, até que todas as chapas tenham feito e respondido a uma pergunta, exatamente uma vez. O terceiro bloco terá perguntas enviadas por membros da comunidade universitária, totalizando sete dúvidas que serão respondidas por todas as chapas. Para finalizar, o debate possui o momento de considerações, com três minutos para cada chapa. No total, o debate deverá durar 1h30min.

 

A presença dos candidatos não é obrigatória e o debate poderá ser realizado independente do número de participantes. Além disso, haverá uma mesa coordenadora, composta por um mediador, um secretário e um membro de apoio, que serão indicados pela Comissão Executiva Central, além da presença dos presidentes da Comissão Executiva Central e da Comissão de Ética. O mediador será a autoridade responsável pela condução do debate e os candidatos não poderão, em hipótese alguma, estender o tempo de resposta. O local do debate ainda será definido em reunião e informado às chapas com pelo menos 48h de antecedência.