Setor aéreo tem alta nas ofertas de voos para as férias de julho

 

Julho é o mês de férias e descanso para muitos brasileiros. E, para aproveitar essa época de pausa escolar, muitos buscam as viagens em família, refletindo no aumento do fluxo aeroviário do país. Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), o Nordeste é a região mais procurada no período. Ao todo, estão programadas 14.756 decolagens para destinos nordestinos, um acréscimo de 10,6% em relação ao mesmo mês de 2023. O número de assentos disponíveis também é maior, serão ofertados 2.235.486, 9,2% a mais que no ano passado.

 

Atraindo turistas por suas belas praias, o litoral baiano oferecerá voos extras até o mês de agosto. Os números divulgados pelos aeroportos das cidades turísticas de Ilhéus, Comandatuba e Porto Seguro dão conta da espera de 280 mil passageiros nas férias do meio do ano. Em Ilhéus, por exemplo, estima-se um acréscimo de aproximadamente 17% no número de voos entre junho e agosto com 96 voos extras além dos 550 regulares. Em Porto seguro, serão 73 voos extras no mês de julho. Já na capital, Salvador, a expectativa é de um aumento de 4,5% no número de voos e 6% no número de assentos em comparação a julho do ano passado.

 

Já em Fortaleza, o Aeroporto Internacional Pinto Martins contará com 155 voos domésticos extras para o mês. Está prevista a movimentação de 501.409 passageiros em 3.806 voos domésticos e internacionais. Um aumento de 18,7%, comparado ao previsto para o mês anterior.

 

No Sudeste, o Aeroporto Internacional Tom Jobim, administrado pela empresa RIOgaleão, estima receber, entre pousos e decolagens, um total de 1,2 milhão de viajantes nesse período. O número significa um aumento de 100% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a concessionária, serão 857 mil em voos domésticos e 382 mil para os internacionais, um aumento de 126%, na comparação com o período anterior.

 

Na cidade de Campinas, estado de São Paulo, o aeroporto de Viracopos prevê uma alta de 23,7% no fluxo aéreo em julho, na comparação ao mesmo mês do ano passado. São esperados 1.362.229 passageiros. Já em Brasília, a previsão é de aproximadamente 1,3 milhão de viajantes e cerca 9 mil pousos e decolagens na alta temporada de inverno.

 

Ocupação hoteleira

 

Junto com a alta na demanda de voos no meio do ano, diversas regiões do país também registram grande ocupação no setor hoteleiro para curtir o inverno e as férias de julho. É o caso do Ceará, que já tem uma taxa de ocupação hoteleira, chegando a 80% em algumas cidades, com destaque para as regiões litorâneas. A expectativa é que o estado receba 315 mil turistas durante o mês, segundo a Secretaria de Turismo local.

 

Outro estado que se destaca no período é São Paulo. De acordo com a Federação de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Estado de São Paulo (Fhoresp), as tradicionais férias de julho devem garantir uma taxa de ocupação de até 90% nos hotéis paulistas. Nos municípios denominados “interior do lazer”, como as cidades de Águas de Lindóia, Águas de São Pedro e Atibaia, a ocupação deve girar em torno de 70% em hotéis-fazenda e resorts da região.

 

Conheça o Brasil

 

O Ministério do Turismo desenvolve várias ações para estimular o brasileiro a viajar mais pelo país. Uma delas é o “Conheça o Brasil: Voando”, parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos e empresas aéreas. O programa envolve, por exemplo, o aumento da oferta de voos e a opção de “stopover”, já disponível em cidades como São Paulo (SP) e Brasília (DF). Na modalidade, com a mesma passagem, o turista visita um local intermediário antes de seguir ao destino final.

 

Já o “Conheça o Brasil: Realiza” permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de crédito voltada à aquisição de serviços turísticos, a partir de condições diferenciadas. O trabalho do MTur também engloba o “Conheça o Brasil: Cívico”. A iniciativa, que motiva estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história nacional, tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital.

 

ZUP 16

Gastronomia E+

Saúde

Treino intenso de musculação ajuda a preservar força em idosos