Secretaria de Estado de Saúde mantém vacinação de adolescentes

 

A Secretaria de Estado de Saúde informa que está mantida a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos com o imunizante da Pfizer.

 

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destacou que há grande adesão dos adolescentes na campanha de imunização e que não foi registrado efeito adverso grave nos adolescentes que tomaram a vacina no Estado. “Tranquilizamos todas as famílias neste momento. Se seu filho tomou a vacina, fiquem tranquilos. Se ainda não tomou, podem faze-lo”, completou.

 

A vacinação para este público foi tomada com base em evidências cientificas, por esta razão, a Secretaria de Estado de Saúde mantém a vacinação para este público em Mato Grosso do Sul.

 

O Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), já adotou medidas junto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), solicitando informações a respeito do posicionamento da mesma, em relação a nota informativa Nº 1/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS, emitida de forma unilateral pelo Ministério da Saúde, em 15 de setembro.

 

A Secretaria de Estado de Saúde reitera que não há registro de caso de efeito adverso da vacina em adolescentes em Mato Grosso do Sul e reforça que pais ou responsáveis continuem vacinados os adolescentes com ou sem comorbidades, até que o esquema vacinal seja completado.

 

A Secretaria de Estado de Saúde destaca que caso surjam novas informações sobre a vacinação de adolescentes, o assunto será amplamente divulgado a toda população sul-mato-grossense.

POLÍTICA